• Atenção...

      Técnica para proteção do coração na radioterapia atenua consideravelmente riscos de doenças cardíacas.

      Um detalhe sobre o câncer de mama não recebe a devida atenção nas campanhas: os riscos aos quais o coração é exposto no período subsequente ao tratamento.

      A médio e longo prazo, isso pode acarretar riscos de aterosclerose, doença coronariana e/ou infarto. Porém, com o avanço da tecnologia médica, uma moderna técnica tem o objetivo de proteger o principal órgão do corpo humano das radiações ionizantes a que as mamas são expostas em sessões de radioterapia.

       

      Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia

      Atualizado em: 23/12/2017