• Prevenção 35-40 anos

      Nessa faixa etária, é sempre bom procurar um médico, fazer um check-up completo do coração.

      Dar início a um projeto de vida que contemple evitar o acúmulo de placas de gordura nas artérias. Até mesmo um simples exame de sangue poderá apontar o risco de a pessoa sofrer um infarto em cinco ou dez anos. Mas quem tiver condições de fazer toda a bateria de exames, incluindo o ultrassom das carótidas, terá uma noção mais próxima da realidade sobre o que deve fazer para preservar a saúde por mais tempo e evitar um infarto ou um derrame cerebral.

       

      Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia

      Atualizado em: 22/01/2018