• Cuide do seu cão

      #cuidedoseucao #prevencao #doencascardiacas

      Estima-se que 10 % dos cães vão desenvolver algum problema cardíaco na velhice, e metade dos donos não sabem. Os cães são diferentes dos humanos, pois eles não sofrem de infartos súbitos, mas sim de micro-infartos que vão enfraquecendo e degenerando o coraçãozinho lentamente.

      Sintomas:
      - Tosse
      - Dificuldade de Respiração
      - Alteração da cor na língua
      - Rejeição a atividades físicas
      - Muito sono e preguiça
      - Cansaço e fadiga

      Tratamento:
      O Tratamento é feito à base de medicamentos específicos para doenças cardíacas, mais diuréticos e vasodilatadores, indicados pelo veterinário. Uma dieta específica e exercícios controlados para aumentar a expectativa de vida do cão.

       

      Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia

      Atualizado em: 02/08/2018