• AVC

      O AVC é caracterizado pelo entupimento de uma veia ou uma artéria dentro do cérebro, dificultando a passagem do sangue e chega a matar mais de 100 mil pessoas no ano. Os fatores de risco para o AVC podem ser divididos em duas categorias: modificáveis e não modificáveis. No primeiro grupo estão as causas mais comuns como hipertensão, diabetes, colesterol elevado e tabagismo. Já no grupo de não modificáveis estão fatores como idade, histórico familiar, raça e gênero. Homens, negros e idoso são mais suscetíveis a ter um AVC por exemplo. A combinação dos fatores de risco aumenta ainda mais a possibilidade do indivíduo ter um AVC, pois acelera o crescimento da placa de gordura nas artérias (processo conhecido como aterosclerose) podendo ocasionar o bloqueio do fluxo de sangue. Esse processo pode acontecer em pequenos vasos de circulação, nas carótidas e nas artérias do coração. Pacientes com histórico de doenças cardíacas como arritmias, insuficiência cardíacas, doença de chagas e infarto também tem o risco aumentado. Por isso a prevenção é o melhor caminho. Alimente-se bem, não fume, pratique atividade física e faça um check-up regularmente.

       

      Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia

      Atualizado em: 16/11/2018